Como Perder Gordura Localizada

Confira algumas atividades e procedimentos que podem eliminar de vez a gordura localizada da sua silhueta.

Não é nada fácil perder gordura localizada. Milhares de pessoas em todo o mundo pagam fortunas para perder aquelas gordurinhas acumuladas em lugares difíceis de atingir com massagens, exercícios ou com uma boa dieta. Contudo, saiba que a gordura localizada tem solução. Tudo é uma questão de bom senso e atitude.


A gordura localizada, principalmente a gordura abdominal, podem oferecer também muitos riscos à saúde, como diabetes, problemas cardiovasculares, problemas no fígado e rins, etc.

Dieta sob Medida

Você sabia que 70% do êxito no combate à gordura localizada estão na escolha de alimentos ricos em fibras, proteínas magras e substâncias termogênicas? De nada adianta gastar muito dinheiro com tratamentos inovadores se você se alimenta mal. Desta forma, integre em sua dieta os seguintes alimentos:

Termogênicos: São aqueles que ativam o metabolismo por muito mais tempo. Com o metabolismo ativo, o corpo elimina mais calorias. Isso mesmo: você emagrece comendo! São exemplos de termogênicos: gengibre, batata-doce, batata yacon, pimentas de todos os tipos, canela, goji berry, chá verde, salmão, etc.

Fibras: São perfeitas para eliminar gordura e toxinas, além de promover a saciedade por muito mais tempo. São exemplos de alimentos fibrosos: gergelim, linhaça, alimentos integrais (pães, macarrão, etc.), cereais matinais, folhas verdes (espinafre, agrião, couve, etc.), chia, quinoa, etc.

Proteínas Magras: As proteínas são construtoras das fibras musculares. Quando você realiza exercícios físicos que permitem a queima de gordura e melhora do tônus muscular (como a musculação, por exemplo), quanto mais tonificado os músculos, maior o esforço do corpo e maior é a perda de calorias. As proteínas também promovem a saciedade e possuem baixos índices calóricos. São exemplos de proteínas magras: feijões, lentilha, nozes e amêndoas de todos os tipos, peixes, frango, ovos, leite e derivados, etc.

A alimentação deve ocorrer a cada 3 horas em pequenas porções, sendo que as principais refeições diárias não sejam negligenciadas – café da manhã, almoço e jantar.

Exercícios Físicos

Contribuem em pelo menos 30% na perda de gordura localizada. Assim, é preciso sair da zona de conforto do sedentarismo e passar a praticar exercícios regulares. Os exercícios aeróbicos são os mais indicados para perder gordura localizada. Isso porque eles atingem o maior número possível de grupos musculares de uma vez só, oxigenando o sangue e fazendo você suar. Há muitas modalidades de exercícios aeróbicos: jump, pular corda, corrida, caminhada, ciclismo, step, natação, aulas de dança (como a zumba, por exemplo), etc. Já os exercícios de musculação são ideais para a definição corporal e atingir músculos mais específicos.

Os especialistas indicam que se faça os exercícios aeróbicos antes da musculação, para ativar melhor a circulação do sangue. Você pode variar o seu programa de exercícios a cada mês. Muitos preferem intercalar os dias de exercícios para que o corpo se recupere de um dia para outro. Se o começo é difícil, faça pelo menos 30 minutos de atividades físicas diariamente.

Tratamentos Estéticos

Atualmente, as clínicas de estética oferecem uma gama bem variada de técnicas e tratamentos que fazem milagres com a gordura localizada. Desde drenagem linfática e massagem modeladora, aos aparelhos com correntes, além de produtos com ativos potentes que quebram as moléculas de gordura, há opções para todos os bolsos.

Contudo, os tratamentos estéticos só funcionam quando associados às dietas com baixo teor de gordura ou reeducação alimentar e a um programa eficiente de exercícios físicos.

Suplementos

Os suplementos viraram uma febre no Brasil e no mundo. Eles ajudam a repor nutrientes e acelerar os processos do corpo. Há muito tipos de suplementação e marcas no mercado. E eles podem ser de muita ajuda na hora de perder a gordura localizada. Contudo, assim como os medicamentos, a escolha do suplemento ideal deve passar por uma avaliação médica ou de um nutricionista. A mesmo vale para as dietas e tipos de exercícios físicos. Nunca deixe de consultar um médico.

Evite o Efeito Sanfona

Não há nada pior para a gordura localizada do que o efeito sanfona. Muitas pessoas passam a fazer dietas muito restritivas por curtos períodos e quando terminam, passam a engordar novamente. Isso acumula ainda mais gordura localizada e prejudica a funcionamento de todos os órgãos do corpo, dificultando o emagrecimento. Prefira uma reeducação alimentar equilibrada sem desgastar o seu organismo.

Beber Água

A água ajuda a eliminar gordura e toxinas e hidratar todos os tecidos do organismo. Contribui inclusive para todos os sistemas do nosso corpo. A celulite, um dos aspectos mais evidentes de gordura localizada, diminui significativamente quando o corpo passa a receber hidratação diária com o consumo de água. O sistema imunológico, responsável pelo combate às infecções, é um dos mais beneficiados, sendo que a gordura localizada é muitas vezes associada às infecções locais. Desta forma, beba pelo menos 2 litros de água pura diariamente, em pequenas porções a cada hora.

Dormir

Após os exercícios, por exemplo, o corpo continua emagrecendo mesmo em repouso. Desta forma, dormir pelo menos 8 horas por dia ajuda a emagrecer e o organismo a se recuperar de tensões e do desgaste cotidiano.

Bons Hábitos

Parar de fumar, não consumir bebidas alcoólicas, ter uma boa relação com as pessoas e atividades diárias são exemplos de atitudes que melhoram as condições físicas como um todo.

Além disso, combater o estresse é essencial para nivelar os hormônios e o nível de cortisol no corpo – estes têm relação direta com o acúmulo de gordura localizada. O acúmulo de gordura é um sintoma de que algo não está legal no seu organismo e na sua vida. Rever as suas prioridades e atitudes faz com que você se volte às necessidades básicas do seu corpo.

“Image courtesy of Surachai / FreeDigitalPhotos.net”

Muito mais para você!