Existe investimento mais seguro que a poupança?

A grande maioria dos brasileiros possui suas aplicações na poupança! Isso não é segredo pra ninguém, mas você sabia que no dia que escrevo esse artigo mais de 85% da população, o que em números chegamos a incríveis 62 milhões de pessoas, ainda acredita que investindo na poupança tem realmente mais segurança do que investindo em todas as outras opções disponíveis?

Com os juros no patamar atual de 6,50% ao ano a poupança rende somente 4,73%, o que é muito pouco para quem guarda seu dinheiro pensando no futuro.

Em pesquisas recentes a maioria dos investidores alega que investe na poupança porque é o investimento mais seguro que existe e que mesmo com rendimentos baixíssimos não considera a troca por outro devido a segurança. Será mesmo que esses investidores estão seguros?

Vamos então as verdades sobre esse assunto!

Imagine que você tem dois produtos, produto A e produto B. O produto A é segurado por uma instituição privada sem fins lucrativos chamada Fundo Garantidor de Crédito, popularmente conhecida como FGC, e o produto B não é segurado por nenhuma instituição, mas quando você aplica nesse produto você está emprestando o seu dinheiro para o governo do seu país.

Em qual desses produtos você aplicaria o seu dinheiro? Onde você guardaria suas economias de uma vida pensando na sua aposentadoria, ou quem sabe, aquele dinheiro para viagem das suas merecidas férias, ou da faculdade dos filhos? Pois é, 85% da população prefere deixar o seu dinheiro guardado no produto A que é a velha poupança!

Acontece que no produto B você emprestaria para o governo, que pode a qualquer momento imprimir mais moeda (pois ele é o dono da máquina de gerar dinheiro) e por esse motivo ele consegue garantir que irá devolver o seu o seu capital investido, já que caso ele não tenha o dinheiro na data prevista para lhe pagar, bastaria ligar a máquina e imprimir a quantia necessária.

Esse produto B chama-se Tesouro Direto Selic, que nada mais é do que um dos Títulos do Governo Federal. Esse tipo de investimento está cada vez mais no gosto dos investidores conservadores, tanto pelos motivos que comentei como também por render acima da velha poupança. Na data que escrevo, essa aplicação está rendendo aproximadamente 6,50% enquanto a poupança está na casa dos 4,73% ao ano, uma belíssima diferença.

Parece um ótimo negócio não? Ganhar mais e ter um menor risco! A algum tempo atrás esse tipo de produto era de difícil acesso e somente pessoas com fortunas conseguiam investir, mas na última década, através do Programa do Tesouro Nacional, está se popularizando e qualquer pessoa pode começar a investir com baixíssimo capital.

Nos próximos artigos irei explicar o passo a passo de como fazer para investir e deixar de fazer parte dos 85% da população brasileira que está deixando de ganhar muito dinheiro.

Até breve!


Muito mais para você!